Home ANAFISCO Niterói dá prioridade a setores estratégicos para recuperação

Niterói dá prioridade a setores estratégicos para recuperação

por ANAFISCO

Niterói bateu recorde de arrecadação em Imposto Sobre Serviços (ISS) nos últimos dois meses. Com mais de R$ 32 milhões em agosto e com a mesma média em setembro, esse é o maior patamar recolhido desde a implantação da nota fiscal eletrônica no município. Dois principais pilares para puxar esse crescimento, os setores de Saúde e Indústria Naval e de Óleo e Gás, serão estratégicos e receberam atenção especial no Pacto de Retomada Econômica, dentro do eixo Niterói Promissora.

O Pacto mapeou os principais desafios do Niterói Promissora, como a retomada da capacidade produtiva e econômica, o fortalecimento e integração das cadeias produtivas do município. O eixo se estrutura com atenção especial aos setores que mais arrecadaram ISS e os que mais geram postos de trabalho na cidade.

A secretária municipal de Fazenda, Marilia Ortiz, enfatiza que o setor de serviços tem se desenvolvido bastante na economia do município, correspondendo hoje a mais de 45% do PIB.

“A nossa retomada tem o propósito de ser inclusiva, apontando para um horizonte de desenvolvimento com sustentabilidade. Era fundamental que traçássemos um planejamento que observasse de perto os dados de arrecadação para detectar os setores que são importantes para a dinamização da economia de Niterói. E foi o que fizemos. Os serviços associados à área naval são tradicionalmente importantes para o município. Temos observado também o crescimento consistente na área da Saúde, principalmente após a concessão de incentivo fiscal ao setor, com ampliação significativa no número de leitos na cidade, que aumentou cinco vezes desde 2013”, detalha.

No primeiro e segundo trimestres deste ano, a atividade de “Atenção à Saúde Humana” foi o setor que mais recolheu ISS para os cofres municipais. Fora a capital, Niterói tem o maior polo médico do Estado do Rio. O planejamento do Pacto é criar uma rede organizada para aumentar a cadeia produtiva relacionada ao setor da Saúde melhorando a competitividade das pequenas empresas locais, contribuir na promoção de negócios, aumento da compra local e qualificação da mão-de-obra.

Segundo em arrecadação, o setor Naval e Óleo e Gás também vai ganhar atenção especial no Pacto. Niterói está situada entre as duas maiores bacias de petróleo e gás natural do Brasil, e é o maior polo naval do País. O projeto Economia Do Mar vai agrupar ações que desenvolvam a indústria, o comércio e serviços, a pesca, além do setor da informação, ciência e tecnologia que tenham o mar como recurso principal. O Polo Mar, o Porto Pesqueiro e a dragagem do Canal de São Lourenço vão promover a convergência setorial de todas as atividades econômicas associadas ao mar, formando um sistema produtivo integrado.

O novo mercado municipal é o terceiro projeto do eixo. O espaço aparece como um polo comercial que vai fomentar o desenvolvimento do comércio e do turismo no Centro de Niterói. Os setores de comércio e serviços, ligados a este projeto, são os que mais empregam na cidade, agregando mais de 80% dos trabalhos formais em
Niterói.

Fonte: https://www.ofluminense.com.br/cidades/2021/10/1219909-niteroi-da-prioridade-a-setores-estrategicos-para-recuperacao.html

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário