Home ANAFISCO Moradores do Campo das Vertentes aprendem a cultivar hortaliças Pancs em vasos

Moradores do Campo das Vertentes aprendem a cultivar hortaliças Pancs em vasos

por ANAFISCO

Um projeto de difusão de tecnologias da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) está contribuindo para valorizar hortas urbanas em Santa Cruz de Minas, no Campo das Vertentes. A “Nossa Horta”, nome dado à horta comunitária do município, está gerando alimento, ocupação e renda para moradores locais. Na última semana, mais uma etapa do projeto foi cumprida. Um grupo de moradores recebeu capacitação sobre o cultivo de hortaliças Pancs em vasos.

O termo Panc significa “Planta alimentícia não convencional”. A primeira ação do projeto foi realizada no mês de abril (saiba mais aqui) e, desde então, hortas do município estão recebendo sementes de hortaliças Pancs e supervisão técnica de pesquisadores da EPAMIG.

Para fazer o projeto avançar, a pesquisadora da empresa, Izabel Cristina dos Santos, recebeu o Coordenador Municipal de Economia Solidária de Santa Cruz de Minas, Jorge Luiz Morais, e quatro voluntárias em sua residência na última semana. Os visitantes viram como algumas das hortaliças Pancs se desenvolvem e produzem bem em vasos. Izabel destacou a necessidade de adequar o tamanho do vaso ou recipiente reciclado ao tamanho final da planta e da adubação orgânica adequada.

Além disso, o grupo foi incentivado a identificar algumas hortaliças Pancs que já são cultivadas na horta comunitária do município, como a bertalha verdadeira (Basella alba) e o peixinho (Stachys byzantina). Também, a equipe aprendeu a identificar as diferenças entre duas espécies de vinagreira (hibisco), a vinagreira de folhas roxas (Hibiscus acetosella) e a vinagreira de folhas verdes (Hibiscus sabdariffa).

“Realizar esse projeto junto a EPAMIG é motivo de grande satisfação. Santa Cruz de Minas é um município pequeno, com poucas oportunidades, e eu estou aprendendo muito. Sem contar os jovens que são retirados da rua para ajudar nas hortas e aprender coisas novas”, ressalta Néia Maria, uma das participantes voluntárias do projeto.

A visita foi encerrada com um momento de degustação. O grupo experimentou fisális (Physalis sp.), pequena fruta amarela, rica em vitamina C e muito valorizada no mercado. Em seguida, foi a vez de chás feitos com folhas de vinagreira roxa e com os cálices secos de vinagreira de folhas verdes, produto mais conhecido como chá de hibisco. Para encerrar, houve degustação de geleia de hibisco feita com cálices colhidos no Campo Experimental da EPAMIG de São João del-Rei.

“A visita foi um sucesso. O grupo pediu que a gente introduzisse na horta comunitária de Santa Cruz de Minas a capiçoba, também conhecida como mucamba, o mavarisco, a bertalha-coração e a maria-gorda. Estamos trabalhando para atender esses pedidos”, afirma a pesquisadora Izabel dos Santos.

Ao fim da visita, o grupo foi presenteado com materiais de propagação de bertalha-coração, capuchinha amarela, fisális e peixinho. Outras espécies serão introduzidas na horta do município no início do período chuvoso.

Desde o início do projeto, a equipe da EPAMIG em São João del-Rei, responsável por preparar e distribuir kits com sementes, mudas e cartilhas, garante que todas as medidas são realizadas de acordo com as normas de prevenção adotadas pelo Comitê Extraordinário do governo de Minas em combate à Covid-19. A equipe utiliza máscaras, álcool em gel e adota o distanciamento mínimo de dois metros entre pessoas.

Outros municípios atendidos

O projeto de incentivo ao cultivo de hortaliças Pancs no Campo das Vertentes se estende para além do município de Santa Cruz de Minas. Em maio, a equipe da EPAMIG de São João del-Rei foi procurada por representantes do Laticínios Vitória para uma parceria de divulgação das hortaliças Panncs entre os colaboradores do laticínio. A equipe local se organizou e preparou kits com sementes e instruções de plantio de almeirão-roxo e maria-gorda, além de sementes de tagetes anão, espécie de flor com pétalas comestíveis.

Também, a pesquisadora da EPAMIG, Aurinelza Condé, levou para os moradores da comunidade rural de Ityrapuan, no município de Lavras, amostras de hortaliças Pancs para propagação. No total foram preparados dez kits com boletins, cartilhas e amostras de cravo amarelo (tagetes), feijão-mangalô (orelha-de-padre), vinagreira de folhas roxas, vinagreira de folhas verdes, almeirão-roxo e capiçoba (marianica).

Fonte: https://consepa.org.br/moradores-do-campo-das-vertentes-aprendem-a-cultivar-hortalicas-pancs-em-vasos/

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário