Home ANAFISCO Inscrições abertas para os cursos de Prevenção ao Suicídio e Automutilação

Inscrições abertas para os cursos de Prevenção ao Suicídio e Automutilação

por ANAFISCO

Estão abertas, a partir desta segunda (8), as inscrições para reoferta dos cursos de Prevenção da Automutilação e de Prevenção ao Suicídio. A capacitação acontece na modalidade Ensino a Distância, com carga horária de 20 e 40 horas-aula. Interessados podem se inscrever até 30 de novembro de 2022 pela plataforma UniverSUS Brasil.

As ofertas educacionais fazem parte do I Ciclo Itinerante das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida. O objetivo é qualificar multiplicadores para a abordagem de adolescentes entre 11 e 18 anos, visando a prevenção, o combate ao suicídio e à automutilação.

Os cursos são direcionados a profissionais de saúde, educadores da rede pública e privada de ensino, profissionais dos conselhos tutelares, líderes de associações religiosas, entidades beneficentes e movimentos sociais. O material é disponibilizado por módulos, por meio de fascículos, cartilhas e videoaulas. Mais de 124 mil pessoas já foram capacitadas e 242 mil downloads das cartilhas sobre as temáticas foram realizados.

As Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida baseiam-se na Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) e contam, inicialmente, com quatro Ciclos Itinerantes de Promoção e Prevenção em Saúde:

  • Ações Integradas de Educomunicação para prevenção ao Suicídio e da Automutilação;
  • Ações Integradas de Educomunicação para prevenção da Gravidez na Adolescência;
  • Ações Integradas de Educomunicação para prevenção ao Uso de Drogas Lícitas e Ilícitas;
  • Ações Integradas de Educomunicação em Ética da Vida.

A PNEPS é uma estratégia do Sistema Único de Saúde para formação e desenvolvimento de profissionais, buscando articular a integração entre ensino, serviço e comunidade, além de assumir a regionalização da gestão do SUS, como base para o desenvolvimento de iniciativas qualificadas ao enfrentamento das necessidades e dificuldades do sistema.

Fonte: Ministério da Saúde

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário