Home ANAFISCO Conheça Vila Velha: As maiores curiosidades sobre essa cidade histórica

Conheça Vila Velha: As maiores curiosidades sobre essa cidade histórica

por ANAFISCO

Vila Velha é uma cidade localizada no litoral do Espírito Santo e é a maior e mais antiga cidade do estado. Conta com belas praias e atrações, como o histórico Convento da Penha, do século XVI; o Forte de São Francisco Xavier, do século XVII ; e o Farol de Santa Luzia do século XIX . A cidade também recebeu o título popular de “Veneza Capixaba”.

A cidade foi fundada pelo português Vasco Fernandes Coutinho em 23 de maio de 1535 como Vila do Espírito Santo, e foi sede da capitania até 1549, quando foi transferida para Vitória e a cidade ganhou o nome atual.

Durante o século XVI, quando os primeiros colonizadores portugueses chegaram à Vila Velha, a cidade era disputada por três grupos indígenas diferentes: os goitacás, os aimorés e os tupiniquins.

Vila Velha atualmente é a cidade mais populosa do Espírito Santo, e supera, inclusive, a capital Vitória.

Curiosidades sobre Vila Velha

A cidade histórica de Vila Velha possui inúmeras curiosidades interessantes que vão desde um inusitado apelido até o fato de a cidade abrigar uma das mais conhecidas fábricas de chocolate do mercado. Confira:

  • Apelido peculiar

Durante o período de colonização surgiu o apelido canela-verde. Dizem que o apelido foi criado pelos índios devido à grande quantidade de algas marinhas existentes na costa que manchava as calças e a canela dos portugueses quando desembarcavam dos navios. Existe também a versão de que o famoso apelido pode ter origem no costume dos portugueses de usar meias longas verdes.

  • Vila Velha já foi capital do estado

Muita gente não sabe, mas nem sempre Vitória foi a capital do Espírito Santo. A cidade, fundada em 1535, foi capital do estado até 1549.

  • Vila Velha e suas ilhas

Vila Velha abrange 3 ilhas: Ilha de Itatiaia, que fica próxima à costa da Praia de Itapoã. Lá existe a reprodução de aves marinhas, como garças e andorinhas; Ilha das Garças, que fica a 800 metros do continente, e é muito utilizada para a pesca, exceto entre os meses de janeiro a março, que são a época de reprodução de aves; E a Ilha dos Pacotes, que é restrita à Marinha do Brasil.

  • Pedra assombrada

O Morro do Penedo é um dos lugares mais conhecidos da cidade. Mas o que muita gente não sabe é que ele é cercado de misticismos. O local era conhecido por ser considerado um guardião que protegia os moradores e navegantes da cidade. Dizem que moedas eram atiradas dos barcos e caso acertassem o morro, proporcionariam a realização de desejos. Por fim, reza a lenda que a pedra, em dias de tempestade, solta assombrosos gemidos.

  • O Canal da Costa nem sempre foi como é

Muito conhecido por seu mau cheiro, o Canal da Costa nem sempre foi como conhecemos. Antigamente era através dele que se obtiam alimentos para os moradores de Vila Velha. Quando a maré subia, existia uma abundância de tainhas e robalos, e quando a maré baixava caranguejos guaiamuns, canivetes, siriobas, berbigão e siris surgiam fazendo a alegria da população.

  • Origem do nome do Parque Mantegueira

O parque, que possui uma área equivalente a 160 campos de futebol, além de fauna e flora abundantes, teve seu nome escolhido por um motivo no mínimo peculiar: o nome se originou de uma casa que se parecia com as antigas manteigueiras.

  • A sede da Garoto é em Vila Velha

Por fim, outra curiosidade sobre essa cidade é que a sede da fábrica da Garoto, fundada em 1929 pelo imigrante alemão Henrique Meyerfreund foi um dos motores de desenvolvimento econômico de Vila Velha. Inclusive a fábrica possui um programa de visitação, para quem tem interesse em acompanhar o processo de fabricação dos famosos chocolates.

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário