Home ANAFISCO O que são edtechs e porque elas são importantes no mundo das startups?

O que são edtechs e porque elas são importantes no mundo das startups?

por ANAFISCO

Fruto da junção dos termos em inglês Education (educação) e Technology (tecnologia), o termo Edtech ganhou mais evidência nos últimos dois anos, principalmente por conta da pandemia. Sem aulas presencias, seja na educação básica ou mesmo universitária, foi necessária à criação de outras metodologias.

Ou seja, as edtechs são startups que vieram com tudo e com foco o desenvolvimento de soluções tecnológicas para a educação. Este é justamente seu principal objetivo: inovar, reinventar os métodos na relação ensino-aprendizagem, por meio da tecnologia. Em suas plataformas personalizadas, geralmente gamificadas, permitem aos alunos acessar diversos cursos mudando a maneira de olhar o uso das tecnologias.

Uma boa novidade nesta área surgiu aqui em Blumenau, justamente em plena pandemia. A Pacetech, a startup que qualifica jovens a partir de 16 anos para o mercado de trabalho em TI de forma rápida e super profissional, está em constante crescimento.

A Pacetech faz parte das mais de 566 edtechs ativas no Brasil. Este dado é da Associação Brasileira de Startups do Brasil (Abstartup) e aponta que em 2020 o número foi 26% superior ao apresentado em 2019. Deste total, a maioria era do segmento da educação básica (37%), onde atuam por meio da tecnologia educacional das plataformas. E a região Sul é o polo de desenvolvimento destas tecnologias. São Paulo é o estado que lidera o ranking, ou seja, quase quatro em cada dez edtechs são paulistas.

Além da Pacetech, temos em Blumenau outra edtech em franca expansão: a Edusoft Tecnologia na Educação, que já está na estrada há mais de três décadas e é considerada a primeira edtech do país e referência em software para gestão educacional!

Fundada em 1984, foi em 1991 que ela redirecionou sua atuação para este nicho de mercado e apresentou oficialmente uma das primeiras plataformas de gestão para escolas no país. Atualmente, a Edusoft gerencia mais de 500 mil alunos de mais de 300 instituições de todo o Brasil. Em 2021, a empresa cresceu 30%.

Estes são dois exemplos brilhantes que elevam cada vez mais nossa região no ranking da inovação e empreendedorismo.

E como startups elas também podem receber investimentos. Lembra que comentei aqui sobre unicórnios? De acordo com estudos da HolonIQ, já são 18 as edtechs avaliadas em mais de US$ 1 bilhão em todo o mundo. Uma delas, a chinesa Yuanfundao, recebeu um aporte de US$ 1 bilhão em investimentos, elevando seu valor de mercado para US$ 7,8 bilhões.

Viu só como este mercado está cada vez mais aquecido? O potencial de crescimento é gigantesco. E como é bom saber que Blumenau e região está dentro deste universo. Que venham mais edtechs!

Fonte: https://omunicipioblumenau.com.br/tec-inova-o-que-sao-edtechs-e-porque-elas-sao-importantes-no-mundo-das-startups/

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário