Home ANAFISCO Novas profissões e habilidades em alta com a Indústria 4.0

Novas profissões e habilidades em alta com a Indústria 4.0

por ANAFISCO

Em paralelo a taxas crescentes de desemprego, as crescentes inovações tecnológicas e a chegada da Indústria 4.0 são pontos cruciais quando o assunto é transição de carreira.

Apesar de contribuir para que algumas áreas de atuação percam vagas para a automação, elas criam novas frentes de trabalho, o que atrai jovens talentos e profissionais veteranos que desejam mudar de emprego e encontrar oportunidades em áreas mais aquecidas.

Conhecer quais são essas demandas e as habilidades buscadas para estas novas profissões pode ser uma virada de chave importante para quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho.

Novas profissões como engenheiro de cibersegurança, mecânico de veículos híbridos, técnico em impressão de alimentos e operador de máquina high speed estão entre as profissões que irão despontar no mercado nos próximos anos.

  • Algumas delas podem demorar até 10 anos para se consolidar, mas a demanda já existe. A conclusão é de um levantamento realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

O Senai analisou de que forma as novas tecnologias — como realidade virtual, automação, internet das coisas e impressão 3D — estão influenciando a dinâmica de alguns setores da indústria brasileira. 

São eles: automotivo, tecnologia da informação e comunicação, alimentos e bebidas, máquinas e ferramentas, construção civil, química e petroquímica, têxtil e vestuário e petróleo e gás.

A partir daí, mapeou as profissões (de nível médio e superior), que vão ganhar relevância nos próximos anos, bem como aquelas que serão criadas a partir do uso de novas tecnologias e novos equipamentos. Confira, a seguir, o que muda em cada setor:

SETOR AUTOMOTIVO

Com maior potencial transformador, o setor automotivo lida com o desenvolvimento de carros híbridos e diversas ferramentas veiculares para maior comodidade do motorista. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Mecânico de veículos híbridos;
  • Mecânico especialista em telemetria;
  • Programador de unidades de controles eletrônicos;
  • Técnico em informática veicular.

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

A integração das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e da digitalização de processos afetou a maneira de se relacionar com a informação on-line. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Analista de IoT (internet das coisas);
  • Engenheiro de cibersegurança;
  • Analista de segurança e defesa digital;
  • Especialista em big data;
  • Engenheiro de software.

ALIMENTOS E BEBIDAS

Os novos softwares permitem um maior controle de processos para a produção de diversos alcoolquímicos. Além disso, há maior facilidade para administrar áreas de plantio, e o uso de big data proporciona melhor previsão dos orçamentos. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Técnico em impressão de alimentos;
  • Especialista em aplicações de TIC para rastreabilidade de alimentos;
  • Especialista em aplicações de embalagens para alimentos.

MÁQUINAS E FERRAMENTAS

Diversas tecnologias, como a realidade aumentada e equipamentos com melhor controle e precisão, resultam em outras dinâmicas na relação com máquinas e ferramentas. O uso de novos materiais também é destaque. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Projetista para tecnologias 3D;
  • Operador de High Speed Machine;
  • Programador de ferramentas CAD/CAM/CAE/CAI;
  • Técnico de manutenção em automação.

CONSTRUÇÃO CIVIL

Os sistemas de automação predial, cujo objeto é automatizar processos no canteiro de obra, bem como os novos materiais e ferramentas inteligentes para a construção civil, são destaques na área. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Integrador de sistema de automação predial;
  • Técnico em construção seca;
  • Técnico em automação predial;
  • Gestor de logística de canteiro de obras;
  • Instalador de sistema de automação predial.

QUÍMICA E PETROQUÍMICA

Pesquisas focadas no aperfeiçoamento de novos produtos, somadas ao uso da internet das coisas (IoT) e à automação e robotização de diversos processos, ocasionam uma nova relação na produção deste segmento. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Técnico em análises químicas com especialização em análises instrumentais automatizadas;
  • Técnico especialista em desenvolvimento de produtos poliméricos;
  • Técnico especialista em reciclagem de produtos poliméricos.

TÊXTIL E VESTUÁRIO

As ferramentas digitais proporcionam a otimização da modelagem dos produtos, objetivando a sua customização. As smart clothes são outro ponto forte da indústria. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Técnico em projetos de produtos de moda;
  • Engenheiro de fibras têxteis;
  • Designer de tecidos avançados.

PETRÓLEO E GÁS

O desenvolvimento de novas tecnologias ligadas ao segmento petroquímico exige a preparação de novos profissionais. As profissões que vão surgir no setor são:

  • Especialista em técnicas de perfuração;
  • Especialista em sismologia e geofísica de poços;
  • Especialista em recuperação avançada de petróleo.

Fonte: https://www.startse.com/artigos/novas-profissoes-industria/

Você também pode se interessar por