Home ANAFISCO Conheça as 10 propostas para melhorar a saúde pública no Brasil

Conheça as 10 propostas para melhorar a saúde pública no Brasil

por ANAFISCO

Um dos principais desafios para a evolução de qualquer sociedade é ter uma saúde pública de qualidade. Afinal, este setor é fundamental para toda a população, e é preciso que as autoridades trabalhem incessantemente para oferecer os melhores serviços possíveis.

Falando especificamente sobre o Brasil, o que pode ser feito? Neste conteúdo, separamos 10 propostas que acreditamos serem úteis na luta por uma saúde pública de maior qualidade. Acompanhe!

10 propostas que visam a melhora da saúde pública brasileira

Vamos às propostas então:

  1. Ênfase no tratamento da saúde: o primeiro passo para a melhoria é criar a ideia de que é importante tratar da saúde, não só das doenças. Para isso, é importante criar campanhas que estimulem as pessoas a serem saudáveis, o que diminui riscos de problemas e, assim, o sistema é desafogado, já que há maior prevenção.
  2. Uso de dados dos usuários: outro ponto é usar tecnologia a favor para coletar dados de usuários do sistema público. Isso gera informações de qualidade sobre os tratamentos e tudo mais, melhorando a tomada de decisões e, consequentemente, a gestão do sistema de saúde.
  3. Atenção Básica mais eficiente: o serviço de Atenção Básica, que trata problemas de saúde de maneira eficiente e rápida, é capaz de desafogar o sistema, resolvendo boa parte dos problemas pelos quais os pacientes vão ao posto de saúde pública. Sendo assim, a proposta é melhorar todo o sistema de atendimento e de infraestrutura da Atenção Básica, resolvendo problemas, por vezes menos sérios, com mais velocidade e sem perder a qualidade.
  4. Atenção Básica com maior cobertura: ainda dentro do tema Atenção Básica, aumentar sua abrangência é necessária, a partir do programa Saúde da Família. Com isso, é possível minimizar doenças de crianças e mães, além de melhorar o acompanhamento e tratamento de doenças crônicas, que precisam de uma atenção diferente em relação aos problemas pontuais.
  5. Processos mais eficientes para diminuição de filas: não há dúvidas de que a fila de espera é um problema. Pessoas acabam perdendo tempo em seus tratamentos, e isso pode ser fatal. Melhorar a gestão e modernizar os processos e a estrutura de atendimento são elementos essenciais para que este gargalo diminua.
  6. Transparência na divulgação de informações: também é importante que o sistema de saúde pública estabeleça claramente os serviços e medicamentos disponíveis para determinado munícipio. Isso cria uma imagem diferente e melhor perante a população e torna a qualidade da assistência mais natural. Afinal, todos os envolvidos sabem exatamente o tamanho e as possibilidades de cobertura para tratamentos.
  7. Capacidade epidemiológica: a capacidade epidemiológica, de entender e cortar o caminho de infecções contagiosas, também é essencial. Ter a possibilidade de identificar movimentos perigosos à população, relatar e evitar a expansão de doenças é outro passo importante. A proposta é a melhoria da capacidade de identificação, a partir da qualificação das ferramentas de detecção, além da utilização de equipes de alto nível, com nível para antecipar problemas a partir do uso da ciência.
  8. Utilização dos usuários como forma de melhoria: outra proposta é colocar o usuário da saúde pública como peça central nas melhorias. A partir da experiência de utilização, é possível que o indivíduo colabore com informações sobre como foi seu atendimento. Com um número relevante de opiniões, faz-se um desenho sobre o que pode ser melhorado. O paciente deve estar incluído nas etapas de melhoria.
  9. Orientação para contratações com base em resultado: as contratações de insumos e ferramentas para o sistema precisam otimizar resultados. Assim, as cidades podem gastar menos e ter mais qualidade. A solução aqui é pensar em contratos que sempre tenham a saúde da população como centro, a partir de regulações que permitam menos custos e mais soluções.
  10. Treinamento para profissionais: por fim, a décima proposta é capacitar os profissionais com mais ênfase. Com melhores práticas, além do trabalho de motivação e capacitação das pessoas, o serviço melhora e, consequentemente, o sistema de saúde pública cresce.

    Estas são as 10 propostas para melhoria do sistema de saúde pública. Para concluir, pedimos que responda ao nosso questionário. Assim, poderemos entender melhor o que o leitor pensa sobre o tema proposto nas perguntas.

Fonte: Grupo Editores do Blog.

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário