Home ANAFISCO Agora é tudo online, inclusive a CNH

Agora é tudo online, inclusive a CNH

por ANAFISCO

O mundo está quase 100% online. A pouco tempo o Metaverso foi anunciado e as pessoas ainda estão se acostumando com ele. Alguns bancos são totalmente digitais e vários supermercados estão dentro de uma única aplicação. Além disso, é possível até se divertir e fazer apostas esportivas pelo celular, dando lances em várias equipes ao redor do mundo sem precisar ir a nenhum lugar, no conforto de casa utilizando os dispositivos eletrônicos.

Então, era de se esperar que essa inovação também chegasse aos documentos. O Brasil já possui um estilo de documento diferente da maioria dos países, que adotam não em papel mas sim em um plástico firme como o do cartão de crédito. Dessa forma, muitos elementos que confirmam a veracidade do documento não podem ser adicionados ao papel ou são fáceis de manipular.

Mas, em 1 de junho de 2022 uma nova CNH foi lançada, ainda de papel, a nova carteira de motorista possui mais ferramentas antifraude e também a versão digital.

O que é a nova CNH?

Primeiro, é importante deixar claro que não é preciso se preocupar pois quem possui a carteira de motorista em vigor não precisará fazer a mudança até o vencimento da mesma.

A nova Carteira de Motorista possui duas versões, a física e a digital. A carteira física consta com novos itens gráficos para deixá-la mais segura e evitar fraudes no documento. Esses elementos podem ser identificados mais rapidamente por um oficial e, passando por uma verificação rápida com luz ultravioleta é possível ver um reagente na carteira verdadeira.

Agora, assim como já acontece com a carteira de identidade, será possível adicionar o nome social na CNH, além da filiação afetiva.

Um código internacional também foi adicionado à carteira, mas ele não substitui a necessidade da Carteira Internacional (Permissão Internacional para Dirigir) caso o condutor queira dirigir em um país que solicite a mesma.

Além disso, o design da carteira também mudou, junto com as cores.

A versão digital é um avanço e tanto, pois não é mais necessário utilizar a carteira física caso o usuário possua a digital. Os agentes também terão acesso à carteira mas, é obrigatório que o portador esteja com uma das duas versões em posse.

Como acessar a versão digital

Para acessar a versão digital o usuário deve entrar no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). Todas as informações da carteira física estarão na versão digital, menos a assinatura do condutor.

A grande mudança em relação ao físico x digital é que agora o condutor escolherá qual das duas versões deseja, sendo que na maioria das federações ainda é entregue a carteira física.

Apesar do modelo digital não precisar de impressão, o valor dos dois modelos é o mesmo.

Outro ponto interessante é que agora também será possível verificar condições e restrições médicas específicas de cada pessoa e também se o condutor exerce uma atividade remunerada relacionada ao uso da carteira.

Toda essa mudança foi feita para trazer mais tranquilidade e comodidade para os condutores, que podem somente ter a CNH digital, sem precisar da versão física caso seja parado em uma blitz, além de mais segurança para todos, por dificultar fraudes.

Aqueles que possuem uma carteira de habilitação tirada depois de 2017 também possuem acesso à carteira digital, porém ainda na versão antiga e sem as tecnologias e novidades empregadas na carteira lançada neste 1 de junho.

A nova versão possui a mesma validade que a antiga, 10 anos para condutores com idade menor ou igual a 50 anos, 5 anos para idade menor a 70 anos e 3 anos para aqueles que possuem 70 anos ou mais.

Fonte: Convidados.

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário