Home ANAFISCO A história da cidade de Toyota no Japão e sua relação com a marca

A história da cidade de Toyota no Japão e sua relação com a marca

por ANAFISCO

Uma das maiores montadoras de automóveis do mundo, a Toyota possui uma história conhecida por poucos que inclui, desde uma grande revolução na forma de produzir veículos até a mudança de nome de uma cidade, na província de Aichi. 

A empresa, que acumula diversos recordes, atualmente desfruta do título de uma das empresas do setor que mais investe no mercado de carros híbridos ou cem por cento elétricos. 

Na sequência você vai conhecer a história dessa icônica marca.

A Toyota, atualmente, é a segunda empresa mais valiosa do mundo no segmento de carros. Mas é importante ressaltar que o sucesso da marca não surgiu de repente. Foram décadas de trabalho para que a empresa ganhasse a relevância internacional do qual desfruta hoje.

Conheça a cidade de Toyota

Toyota é uma cidade japonesa localizada na região de Mikawa, na Prefeitura de Aichi, no Japão.

E muito embora muitas pessoas não saibam, a cidade antes se chamava Koromo. Toyota se tornou o nome da cidade depois, como forma de homenagem à Toyota, principal empregadora da região, em 1959.

A região prosperava através da produção de seda, porém como a demanda por seda crua diminuiu no Japão e no exterior, Koromo entrou em um período de declínio gradual depois da década de 30. 

Nessa época, Kiichiro Toyoda, primo de Eiji Toyoda, começou a buscar alternativas para o negócio de fabricação de máquinas automáticas de tear da família, negócio que, após algum tempo, se tornaria a Toyota Motor Corporation

A primeira fábrica da Toyota Honsha, iniciou as operações em 1938. E foi devido à sua fama e a relevância alcançada que a cidade de Koromo mudou seu nome para Toyota em 1959, em homenagem à maior empregadora da cidade.

Nascimento da Toyota

A montadora começou como uma empresa familiar, quando Sakichi Toyoda, um carpinteiro japonês, iniciou produzindo teares automáticos conhecidos por sua qualidade e preço de custo mais baratos da época.

A guerra do Japão com a Rússia gerou um período de recessão que fez com que, em 1904, a demanda de algodão aumentasse a procura pelas máquinas de Toyoda.

Após uma viagem para os Estados Unidos, Toyoda conhece o automóvel, que faz com que ele decida mudar o rumo do negócio que havia iniciado.

Foi em 1937 que a empresa produziu seu primeiro automóvel e se tornou, finalmente, Toyota Motor Company.

Por fim, o conceito de toyotismo, surgido após a guerra e criado pelo modo disruptivo da Toyota trabalhar, consistia em fabricar apenas o necessário, utilizando o menor número de recursos possível.

Essa ação era vista, na época, como uma grande forma de inovar, pois a produção se dava de acordo com a demanda, sem estocagem em massa, o que economizava dinheiro em armazéns e reduzia o desperdício de produtos e recursos.

Você também pode se interessar por

Deixar um Comentário